Doença arterial dos membros inferiores

Como ocorre a isquemia dos membros inferiores?

A interrupção do transporte de oxigênio e nutrientes para os tecidos, por meio das artérias, é o que se conhece como isquemia dos membros inferiores. A causa geralmente está associada à formação de placas ateroscleróticas nas artérias.

As placas ateroscleróticas podem se desenvolver no decorrer do tempo, diminuindo o fluxo sanguíneo ou mesmo bloqueando as artérias por inteiro.

Como tratar a isquemia dos membros inferiores?

A redução do risco cardiovascular é o primeiro passo no tratamento da isquemia dos membros inferiores, considerando que a aterosclerose que provoca esse problema envolve artérias do corpo inteiro.

Entre as alternativas, há o uso de medicamentos para inibir a ação das plaquetas e controlar colesterol, diabetes e pressão arterial. Parar de fumar é outro ponto central para a melhora do paciente.

A claudicação intermitente (sensação de câimbras) surge logo no começo da doença, e pode ser tratada com caminhadas e o uso de substâncias como pentoxifilina e cilostazol.

Pacientes em estágios mais avançados ou sem resposta ao tratamento clínico podem recorrer a cirurgias endovasculares (minimamente invasivas), para restituir a oferta de sangue ao membro. O tratamento acontece por meio de cateterismo, para desentupir as artérias.